segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Dias muito complicados...

Pois é, a semana passada para mim foi uma semana de cão (como se costuma dizer)...

Tinha o meu Projeto de Tese para entregar até ao dia 26 e vi-me tão aflita com isso. Já o entreguei depois e bem depois da meia noite, eram quase 4h da manhã. No entanto, sei de colegas que o entregaram antes da meia noite, mas que não fizeram uma parte do trabalho, o que me deixa mais tranquila, pois não deverá haver penalizações.

Depois no sábado foi dia de cuidar de mim e fui para a esteticista e à noite fui sair com amigos. Eram outra vez 4h da manhã quando me deitei.

Domingo, dia de aniversário de uma pequena de 3 anos e depois vim descansar o resto da tarde!

Hoje, em como não tive tempo de limpar a casa na semana passada por causa do projeto de tese, é dia de limpezas! (por sinal, é uma coisa que eu adoro, OU NÃO).

Amanhã vou estagiar e além tenho que arranjar as coisas, fazer sobremesas, e essas coisas porque é dia de ir passar o ano à Figueira da Foz =)

Beijinho*

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Do Natal =)

Este Natal, em muitos muitos anos, foi sem dúvida o que correu melhor!
Não houve discussão, a confeção do jantar foi no tempo perfeito e sem sobressaltos, a família esteve reunida, todos aguentaram até à meia noite sem adormecer (no ano passado, passei o Natal sozinha porque estavam todos a dormir!) e eu, igual criança, feliz e contente a trocar as prendinhas =)

E Feliz Natal para todos vós!

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Dias de emoções =)

Tudo começou na quinta feira, quando o meu homem decide fazer uma surpresa e em vez de chegar no dia 20 como previsto, chegou no dia 18 =) E porque achou que eu estava magrinha trouxe-me duas caixas de chocolates gigantes (que eu ainda não tive coragem de abrir);

Para além disto sei que ele já me comprou uma prenda de Natal - um telemóvel - que tem as particularidades de ter 2 cartões e ser desbloqueado (estou completamente ansiosa para que chegue quarta à noite, para o ter);

Hoje vou passear com ele... Vamos ao Fórum, para eu comprar uma impressora, um computador novo, as compras de Natal e os últimos presentes (nunca deixei para comprar na última da hora, aconteceu este ano porque tenho que fazer uma troca...)... Em como os meus presentes não chegam para me dar cabo do juízo, ainda tenho que me ocupar com os dos meus pais para os afilhados...

Pareço uma garota de 5 anos nesta altura do Natal =) acho que é tão bom quando assim o é!

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Com a cabeça a rebentar...

Estou mesmo a dar em louca com a porcaria da tese... Não tenho tempo para fazer isto até dia 20! É completamente impossível...
Espero de coração que a orientadora permita que se adie a entrega...

Para melhor a coisa, estou com uma constipação que nem me deixa respirar..

... e por esta junção de aspetos não me posso ir despedir da melhor amiga que vai passar o natal e ano a França com as mães... Vai já amanhã :/

Boa viagem minha querida <3

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

É de mim ou preciso mesmo de ir à bruxa?

- Depois de avariar a ventoinha do forno;
- Depois de avariar a máquina de lavar louça;
- Depois de avariar a máquina de lavar roupa;
- Depois de baterem no carro da mãe;
- Depois de ter ficado sem bateria no carro e o pai ter que me ir buscar;
- Depois de ter partido a espia da embraiagem do carro no 1º dia que volto a sair depois de ter ficado sem bateria, ter que chamar o reboque e o ir novamente buscar-me; 
- Depois de a mãe ter ficado na rua o dia todo por ter saído sem chave e não ter ninguém em casa para lhe abrir a porta;
- E depois de a carrinha do pai não querer pegar para me ir buscar (no dia em que se partiu a espia);

(e depois de outras pequenas coisas) 

Eis que avaria pela 2ª vez este ano a máquina de lavar roupa!

É caso para dizer: Este ano é ano! 
(Só me falta avariar o computador antes de comprar o outro, bolas)

Coisas da Vida...

Percebemos que nunca podemos dizer que estamos bem quando aqui mesmo ao lado, uma rapariga de 27 anos, tem um AVC provocado por uma OTITE!

Está a recuperar bem e já está em casa, mas ainda assim não está muito bem... Não consegue ler nem escrever... Não reconhece algumas palavras e tem o pensamento bastante lentificado...

Força miúda, tens que ter muita força para recuperares...
Estamos todos contigo!

domingo, 14 de dezembro de 2014

Socorrooooooooooooo!

Tenho um Projeto de Tese para entregar dia 20 e não ainda não fiz nada...

Pior! Não sei como fazer nem começar...

sábado, 13 de dezembro de 2014

Entusiasmada =)

E ansiosa para que chegue o Natal...

Então, a modos que já sei o que o namorado me vai dar:
                                 - um telemóvel novo!

Ontem em conversa com o pai disse que estava a precisar de uma impressora e de um computador novo e ele diz-me assim:
                                 - eu compro-te a impressora! Não sabia o que te havia de dar dou-te isso. :)

Com a mesma conversa com a mãe, ela deu-me:
                                 -  os 150€ que me faltavam para eu poder comprar o computador!

Estou cheia de sorte =)

Soube usar os argumentos certos... A minha mãe é daquelas pessoas que só quando uma coisa se estraga mesmo de vez é que ela compra novamente... Mas eu comecei a dizer que era impensável eu correr o risco de ficar sem computador numa altura destas (estou no 2º ano de mestrado o que implica estagiar, fazer 2 relatórios de estágio e escrever uma tese) e ela que faz tudo para que eu acabe os estudos com sucesso e sem adiamentos de tese (o que implica pagar muito mais), nem pensou duas vezes...

Ou seja, dentro de duas semanas estou artilhada com nova tecnologia :)

Eu sei que há coisas bem mais importantes do que estes bens materiais, mas são coisinhas que nos deixam sempre tão empolgadas... O último computador que comprei já foi há 6 anos e como tal já não sei qual é a sensação de "brinquedo" novo, para além de que está velhinho e qualquer dia dá o pifo!

E pronto, estou ansiosa :)

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Da amiga...

Hoje é dia de jantar e fazer compras com a melhor amiga...

Querem melhor programa para esquecer um pouco os problema, do que este?

Por circunstâncias profissionais, andámos um pouco distantes, visto que os nossos trajetos são opostos, felizmente agora voltamos a estar mais vezes juntas :)

=)

Da mãe... e da Paciência!

Desta vez é a sério:
SOU A DONA DE CASA DA MINHA CASA!

Há um tempo significativo que não deixo que a minha casa se torne na balbúrdia que era, o que significa que quem toma as rédeas da casa (em relação à casa) sou eu. A única coisa que a mãe faz neste momento é tratar da roupa (porque se eu fizer isso e como ela é absolutamente maníaca com isso, há sempre discussão). Ainda assim não se consegue organizar com a roupa de 3 pessoas.

Mudei certos hábitos que tinha para conseguir ter sempre tudo minimamente organizado e agora:
   - Lavo a loiça todos os dias (não me deito sem a lavar - a minha mãe já não sabe o que é lavar um prato em casa);
   - Não saio de casa sem deixar a minha cama feita;
   - Não saio de casa sem arrumar a loiça lavada do dia anterior;
   - A meio da semana varro a casa para não deixar acumular muito pêlo (tenho um cão dentro de casa);
   - Todos os sábados limpo a casa e dou banho ao cão;
   - Praticamente todos os dias cozinho (mas isto já é frequente de há alguns anos);
   - ...

A par disto ainda tenho que acender a lareira todos os dias, estágio, reuniões de estágio, escrever um relatório de estágio, escrever a tese, reuniões de tese e todos os domingos, enquanto o almoço fica no forno, vou dar banho à avó que tem alzheimer.

Com isto tudo, até o tempo para ir à casa de banho, tenho contabilizado!

O que me deixa revoltada é que a minha mãe para além de não reconhecer ainda faz de tudo para me irritar deixando sempre tudo desarrumado para ser eu a arrumar. Quando almoça sozinha, nem o prato é capaz de limpar para o lixo e deixá-lo dentro do lava-louça... Em cima da banca cheio de restos de comer é que ele fica bem!

Não sei quanto tempo vou aguentar isto sem me passar a sério da marmita... Mas no dia em que isso acontecer o ambiente vai ficar de cortar à faca!

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Do estágio...

No início do ano letivo, iniciei o meu estágio curricular numa CPCJ (Comissão de Proteção de Crianças e Jovens) e estava sozinha, ou seja, era a única estagiária.

Acontece que  houve uma colega que um mês depois do estágio começar entrou para lá, porque a primeira opção de estágio dela acabou por não aceitar estagiários depois de ter dito que sim.
Até aqui tudo muito bem, embora eu sempre tivesse dito que preferia ficar sozinha desde que soube que ela para lá ia.

A questão é que a dita colega está lá há um mês e já está a querer alterar o funcionamento de tudo:
"e porque assim não estamos a praticar nada do que aprendemos";
"e porque eu não quero passar o estágio a fazer trabalho de secretária" (depois de lhe ter sido dito que até dezembro seria para leituras e observações e só em janeiro é que poderíamos participar ativamente nos atendimentos);
"e porque se não praticas agora, chegas a janeiro e também não sabes fazer nada"... Bla bla bla...

O problema é que vai falar destas coisas com os orientadores nas minhas costas e depois eu sou simplesmente informada de que... Ainda hoje me vieram dizer que a T* foi falar com ela e que foram arranjados 2 casos para as estagiárias e que nos dias das visitas, se não fosse o nosso dia de ir estagiar para trocarmos de forma a irmos (e entretanto tenho uma gaja que mal conheço, a T*, a pôr e dispor da minha vida). É óbvio que não me vou opor a esta situação porque senão poderei ser prejudicada na nota de estágio, mas ao ouvir isto tudo fico com cara de otária a olhar para a "superior" porque não fazia a mínima ideia daquilo.

No fim de tudo, continuo a dizer e agora mais do que nunca que preferia estar sozinha como estagiária.

Haja paciência para não ter que me passar com esta colega irreverente (com a qual durante 4 anos de curso mal privei com ela).

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Das saudades...

Hoje lembrei-me de vaguear pelo meu e-mail e descobri uma pasta (que eu tinha criado) que se intitula de "Importante"... Abro a pasta e deparo-me com 3 e-mails de 2008 e 2009 de uma pessoa que foi bastante especial na minha vida.



O 1º era assim:
"Maninha, nao penses que è facil pra mim lembrar-me d tudu o k passamos, e nao querer voltar... Mas agora temos de eserar, e nunca t xkecas du k t dixe, vamos ficar juntos um dia, se o destinu axim u kixer... eu adoro-te mxmu, e nc pnsei gostr tnt d ti cmo gosto, knd t cnheci nc pnsei nisto..... adwt mxm, akrditah pff.....

kand pudr lgt, n rxpndas po tel..... adwt d fndu d m curaxao
bjao mt fort x pra ti." 

O 2º assim: 
"sabes bem k t adoro e n keruh faxer-t mal nem kwu k t faxam mal... mas tens k aceitar a ideia d t adurar e pronto.... LOL :)

to kuaxe a ir d ferias pu ixu kalma, ta bem??!!

bgadah plos comentarius maninha.....

adoruh-t imenxu e xint mtu a t falta

bjao gande ond maix desejares           MUAH". 

O 3º e último foi o que bateu mais... 
"Sininho, estive no teu hi5.....
Fico contente por falares de mim em certas fotos...e adoro a musica que la tens...ja a saquei e tudo...
Sabes que és especial para mim, e tudo o que quero, é que sejas feliz, mesmo não sendo junto de mim. Quero ver-te feliz ao lado da pessoa que amas e tens do teu lado. 
Quando for de férias, mesmo que não te veja, sei que estarás bem e que não me esqueceras, pelo o menos como teu manituh.....
Adoro-te bebé, sempre soubeste, sabes e sempre o saberás.....

Acredita que não te esqueço, por mais que possas duvidar.....

"Se a amizade entre duas estrelas for tão forte como a intensidade do seu brilho, o céu será eternamente iluminado....." _ Pensa nisso em relação a nós cada vez que pensares em esquecer-me..... ('')

Beijo grande, sabes bem que sou eternamente teu mano........"

Sim, ele escrevia com 'x' e 'w' e 'k' o que é um horror (e eu própria tive essa fase, nem me quero lembrar disso). E ainda tinha hi5 (se calhar ainda tenho, que não me lembro de desativar a conta). 
Depois, éramos tão garotitos a escrever este tipo de coisas, mesmo à adolescentes totós. Mas este tipo de coisas, hoje, fez bater uma saudade destes tempos. Destas conversas em que era uma tolinha. Do abraço de um amigo muito especial (que em tempos foi bem mais do que isso). 
Revivi momentos especiais, conversas cheias de carinho, desilusões (muitas), de músicas, de loucuras, as totozices que fazia para estar com ele desse por onde desse... Tanta, mas tanta coisa... 




Esta era/é a "nossa" música... A par desta, surgem muitas mais... Mas esta a que marcou mais.

E pronto, assim se marca um regresso ao Blogue (que andou bastante esquecido)... 

Beijinhos =)

domingo, 12 de outubro de 2014

Casa dos Segredos

Sou só eu que acho que a Agnes:

1. ...pode dizer o que quer e bem lhe apetece a toda a gente, mas se alguém lhe retribuir na mesma moeda fica completamente indignada e ofendida?
2. ...é preconceituosa?
3. ...é homofóbica?
4. ...é mal educada?
5. ...mal formada?
6. ...mal agradecida?


E um monte de carradões de outras coisas mais?

Às vezes só apetece mesmo é dar-lhe um par de estalos e mandá-la para a Transilvânia...

Amiga o dinheiro pode comprar muita coisa, mas respeito e amizade não se compram!

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Será?

Será que o motivo da minha mãe andar assim tão insuportável é por estar cá a minha madrinha e por eu ter defendido o meu pai?

Ponto um, o único contracetivo que os meus pais usavam era o DIU... Acontece que o DIU deslocou-se e ficou mal colocado... O que isto significa? Que os meus pais andaram a ter relações desprotegidas... E que sendo ela uma mulher ainda com período fértil, pode-se dar o caso de estar grávida... Embora tenha 47 anos...

Assim que soube que o diapositivo estava mal colocado ela começou a tomar a pílula até ir a uma consulta de planeamento... Consulta essa que foi ontem... 

E hoje logo de manhã foi fazer análises à gravidez... Vai buscar os resultados amanhã. 

Ela pode mesmo estar GRÁVIDA! E se assim for está explicado o descontrolo que teve ontem comigo... 

Ela está em pânico com a possibilidade de poder estar grávida com esta idade e com os problemas de saúde (coluna) que tem... 

Até eu já tenho idade para ser mãe!

Oh Meu Deus!

terça-feira, 22 de julho de 2014

Férias...

Estas seriam as minhas férias de sonho, não fosse a minha mãe estragá-las... 
Tive uma pequena discussão com ela (ela ultimamente anda insuportável porque a minha madrinha já veio da suíça e ela agora tem necessidade de mostrar alguma coisa que não sei qual) e ela jogou com os meus cães. 

Desconfio que seja tudo por ciúmes... Ontem numa situação defendi o meu pai e isso ela não suporta... 

Então, na discussão que tivemos hoje ela disse me que quando viéssemos de férias que queria a casa toda limpa e que os cães não podiam voltar para dentro de casa...

Ela sabe que se me quiser atingir tem que ser com os  cães e foi o que ela fez... Se o objetivo dela era meter-me triste e  mal, tenho que lhe dar os parabéns porque conseguiu na perfeição, logo hoje que vim a casa para poder ver os meus cães e estava tão feliz... Pode se dizer que hoje ficou bem com o mal dos outros... Enfim... 

Ciúmes mãe? Sério? Já devias ser melhor que isso... Muito melhor... 

Bela prenda de aniversario antecipada!

sábado, 5 de julho de 2014

A saga das notas continua

Sim, as notas deviam ter sido TODAS lançadas até ao dia 27 de JUNHO;
Sim, ainda me falta ter uma nota;
Sim, já estamos a 5 de JULHO;
Sim, estou a desesperar!

Como se não bastasse, a plataforma onde os professores metem o material e as NOTAS está FORA DE SERVIÇO!

Como é que é possível?

Só me resta continuar a limpar a casa e desesperar pela porcaria de uma nota!

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Satisfeita xD

E pronto, até que digam o contrário, ESTOU DE FÉRIAS!


Agora tenho um batalhão de tarefas domésticas para fazer e organizar tudo até terça feira... Dia em que chega o primo e precisa de uma cama para dormir (cama essa que está cheia com tanta roupa para passar a ferro). A minha casa precisa urgentemente de uma limpeza e os cães precisam urgentemente de tomar banho... 

quarta-feira, 25 de junho de 2014

FINALMEEEEEEEEENTEEEEEEEEEEEEEEE!

ACABARAM AS FREQUÊNCIAS! 

Fiz hoje a última... E já soube a nota... Isto é que é uma professora com eficácia! corrige os testes na hora... 

Faltam sair as notas de 2 frequências, e de uma delas estou com receio... Mas acho que dá para passar... 
Com os trabalhos estou descansada... Aqui no Instituto só se dá abaixo de 10 nos trabalhos se forem plágio!

Aquela que me está a deixar preocupada, o exame é já segunda feira e as notas ainda não saíram... É obrigatório as notas saírem 2 dias úteis antes do exame, ou seja, deviam ter saído até hoje, no máximo!


De qualquer maneira, é hora de descomprimir até sair essa nota!

segunda-feira, 16 de junho de 2014

A dar em maluca...

...com tanto que estudar, sem tempo para nada...

Ontem toda a gente foi para a praia e eu fiquei a estudar... Não é justo =S

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Ainda das férias...

Finalmente! Uma notícia boa!

A minha mãe vai ter as férias na data prevista e finalmente posso descansar e ter umas férias descansadas e sem nenhum tipo de discussões pela hipótese de ela não poder ir...

Aqui para nós, estava à espera de uma reação muito mais espalhafatosa por parte do meu pai... Mas nem foi isso que aconteceu... houve discussão quando soube, mas depois até se acalmou e não falou mais no assunto... Até deu por conselho à minha mãe para não falar mais nesse assunto no trabalho, porque segundo ele "quanto mais na m*rd* se mexe, pior ela cheira". 

E não é que é verdade? A minha mãe seguiu o conselho dele (o que também é uma raridade) e eis que chega a boa notícia!

Agora sim, estou cansada, mas feliz =D 

domingo, 25 de maio de 2014

E o corpo manifesta-se...

É verdade, ando tão cansada e stressada que o meu corpo manifestou-se...
Apareceu-me uma espécie de uma zona, numa mama...

quarta-feira, 21 de maio de 2014

Ainda sobre o avô :)

E pronto, o meu avô já está em casa. Teve que levar um pacemaker de emergência, mas agora já está tudo muito mais calmo e eu muito menos preocupada. 

Tive dias complicados... E as noites nem se fala. Foram duas noites em que não dormi descansada... 
A minha avó tem Alzheimer e ficou a dormir comigo (na minha cama) para não corrermos riscos de acontecer mais alguma coisa. E a minha maior preocupação durante a noite, era se ela fazia chichi na cama (que já tem vindo a ser um pouco hábito, até que lhe começámos a meter uma fralda à noite e uma cueca fralda de dia). Mas e se a fralda enchesse e passasse também para a cama? A última coisa que me apetecia era andar a trocar lençóis a meio da noite, ou então ficar a dormir (e estragar o colchão) com aquele cheiro (que é bastante intenso).

Nestas noites senti-me como se fosse aquelas mães que dormem sem dormir para se aperceberem de qualquer movimento que a criança faça. Foi exatamente assim que me senti. Ou seja, descansar que é bom, NICLES!

Ando exausta...

Ontem à noite o namorado veio ter comigo e eu acabei por adormecer... O que vale é que ele me compreendeu :)

domingo, 18 de maio de 2014

Tenho medo...

O avô materno tem problemas de coração... 
Hoje, teve várias quebras de tensão e desmaiou 3 vezes no café.

Foram com ele para as urgências, está já a levar medicamento na veia, mas vai ser encaminhado de urgência para Coimbra... 

Tenho medo... Não só de o perder, mas de tudo o que daí advém... 
A minha mãe, a minha avó... 

Estou assustada!

terça-feira, 13 de maio de 2014

Da Mummy...

A minha mãe tem uma depressão, há já uns meses... Mas não pode tomar a medicação por causa do trabalho... Se a tomar anda a dormir em pé e não consegue trabalhar... Toma apenas nas vésperas da folga, para poder dormir melhor e mais descansada... 

Ela até andava muito bem, mas agora voltou a deixar ir-se a baixo. Não sorri, não tem vontade de fazer nada, chora imenso por tudo e por nada... O mais simples comentário a faz deslizar num pranto de lágrimas! 

Tudo começou (desta vez) por causa das malditas férias... Todos os dias a atormentam com a mesma conversa... Ainda não é certo que não vai ter férias, mas está mais para isso do que para outra coisa... 
Depois, qualquer falha que ela cometa é logo motivo para todos a chamarem à atenção e "ralhar" com ela, como se ela já não se sentisse suficientemente mal por ter errado... 

Se continuam assim a tratá-la ela vai mesmo estar em casa na altura das férias, porque ela está a chegar a um ponto tal de exaustão que ainda vai ter uma depressão com direito a 2 ou 3 meses de baixa... 

Estão a enlouquece-la e eu é que tenho que lhe dar apoio... 
Please um trabalho para uma senhora de 48 anos com problemas de coluna precisa-se! 

A minha mãe tem de sair daquele antro o mais depressa possível antes que enlouqueça de vez! 

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Da Serenata de Coimbra 2014...

Este ano, não foi o que esperava...

O Jantar foi ótimo, junto de uma finalista (e mais amigos) bastante importante para mim, mas a Serenata mesmo, deixou muito a desejar... 

Ponto 1: Não começo à meia noite! Já era perto da meia noite e dez... 
Ponto 2: Faltas de respeito constantes na Serenata, por diversos motivos... Porque não se calavam, porque estavam constantemente aos empurrões a tentar passar para baixo e para cima, porque até chegaram a aplaudir sem ser no final da Serenata! 
Ponto 3: Houve DUAS quebras de eletricidade durante a mesma e os pobres dos senhores tiveram que estar a cantar sem micro... (e não é que se todos se tivessem calado, dava para ouvir?)... Foi duplamente mau isso ter acontecido!
Ponto 4: Os sapatos do Traje Académico feminino são extremamente dolorosos e visto que a Serenata demorou cerca de 2 horas, eu já estava a desesperar pelo fim da mesma para chegar ao carro e tirá-los dos pés! (e ainda por cima perdi um tacão de um dos sapatos)... 
Ponto 5: Não cantaram, a que para mim, é a mais bonita de todas e que é igualmente especial: a Balada da Despedida do 5º Ano Jurídico... Muito do que me fez ir à Serenata foi isso.. Saí com a sensação do "soube a pouco" e ao mesmo tempo com um pouco de desilusão...

Desta vez não me emocionou como sempre, não me encheu o coração com a vontade de ficar ali a noite toda a ouvir os acordes das guitarras, como de costume... 

Concluindo, fiquei com a sensação de que este ano não valeu as dores que tive nos pés... =( 

terça-feira, 6 de maio de 2014

Das férias #1

  • Casa na praia completamente alugada - Check 
  • Consentimento do pai para o namorado ir - Check
  • Confirmação de que o namorado vai - Check
  • Certeza que a mãe vai ter férias aquando a todos - Não check! 

Isto está a deixar-me 20 anos mais velha! Mas se Deus permitir tudo vai correr bem e ela vai ter as férias na época desejada. 

(Deixo-vos algumas fotos da casa para onde vou)

O painel LINDO na entrada do prédio...

A parte da sala...

Um dos lados da cozinha...

O outro lado da cozinha =)

O corredor (não que seja interessante, mas faz parte da casa)

A casa de banho...

O quarto onde eu e o namorado vamos ficar...

O quarto onde os meus pais vão ficar...

O quarto do primo e onde temos que arranjar um colchão para a minha madrinha...

Este é um dos terraços... Daquela porta para fora tem um outro terraço amplo com uma série de metros...

Por mim ficava a viver lá o ano inteiro :)
Isto a 100 metros da praia, nova em folha (vai ser mesmo a estrear - o prédio foi todo remodelado)
E por 600 euros... 

LOVE IT <3

sábado, 3 de maio de 2014

Das férias..

E pronto, depois de ter a casa praticamente alugada para as férias (já falei duas vezes com o senhor), só falta mesmo ir lá ver a casa para dar a palavra final, eis que surge O problema (mor)....

A dois meses das férias dão a notícia que na empresa onde a minha mãe trabalha não vão haver férias na última quinzena de Julho nem na 1ª de Agosto... Imaginem lá para que quinzena a minha mãe tem as férias dela marcadas? Isso mesmo... Para os últimos de Julho... Pior, pediram para marcarem as férias, a minha mãe marcou-as, as férias foram para os escritórios e voltam para baixo já no mapa de férias de todos os funcionários, tudo certinho como era previsto... Como as férias foram aprovadas metemos mãos à obra à procura de casa na praia... 
E agora? Vamos todos e deixamos a mãe? Não! Nem sequer é opção;
Vamos dizer ao senhor (que nos está a fazer um super desconto na casa) que afinal já não queremos e ficamos mal vistos e deixamos mal vistos quem nos aconselhou o senhor? Não! Também não é opção!

Ainda há uma pequena esperança que a minha mãe consiga ter as férias... A braço direito da patroa disse à mummy que ia falar com a patroa, mas para ela não ter esperanças porque ia ser muito difícil... 

Sinceramente, não quero ver a reação do meu pai quando ela lhe contar.... Mas que não vai ser boa não...

Agora a mãe veio decidida (mas bem sei que lhe vai passar) a abrir um negócio aqui perto (Cantanhede, Mealhada ou até mesmo na aldeia em que vivemos), considerando esta última, a aldeia, o que aconselham? 

Eu pensei numa padaria/pastelaria/mini café... Que acham? 


P.S. Hoje foi mesmo um dia particularmente estranho para os membros desta casa... Eu ia batendo com o carro, a minha mãe também e vem com esta notícia dos diabos, e o meu pai, para finalizar bem o dia de trabalho, atolou o trator numa terra e teve que ser rebocado por outro! Lindo

É caso para dizer "Eu não acredito em bruxas, mas que as há, lá isso há"

Help me! (Avizinham-se tempos muito complicados aqui por casa)

quarta-feira, 30 de abril de 2014

Verão xD

É verdade, já ando a pensar no verão.. 

O meu este ano está decidido em alugar uma casa na praia e eu estou a adorar a ideia. 

Problema 1: a casa tem que ter no mínimo 3 quartos e um sofá cama, ou então, 4 quartos. 

Problema 2: Com estas características as casas são caras (o mínimo que já tive de propostas foi de 700€).

Problema 3: o namorado, vem exatamente de férias na mesma quinzena que o pai quer ir para a praia.

Problema 4: Não sei se o pai aceita que o namorado também vá connosco. Se aceitar, não sei se o namorado quer ir ou não (ainda não falei com nenhum). Mas espero que ambos aceitem e que fique tudo bem. 

De qualquer das maneiras eu hei-de ir para a praia passar as ditas férias com os pais, o primo, a madrinha e o namorado (se quiser, se não quiser tem sempre a hipótese de ir e vir todos ou a maior parte dos dias e vem dormir a casa). 

Ah, e uma coisa muito importante! A casa que vi e que até agora é a que me agrada mais aceita animais... Love it!

terça-feira, 29 de abril de 2014

Hora de voltar...

E pronto, o stresse do trabalho acabou de passar... Não gosto nada de trabalhar sob pressão, mas acontece-me sempre... 

Deixei-vos sem novidades porque tive dias muito complicados e fazer tudo sozinha não é fácil... 
A minha família é cheia de tradições e como tal beijamos o Senhor na Páscoa. Para que isso aconteça, a casa tem que estar um brinco (coisa que não acontece o ano inteiro. a minha casa é a maior bagunça, mas na Páscoa está um brinco durante 4 horas - tempo existente entre o acabar de limpar e o beijar do Senhor). O problema é que este ano as minhas férias da Páscoa foram na semana a seguir à dita, ou seja, eu tive sexta e sábado (e não foram os dias completos) para deixar a casa a brilhar. É importante de notar que a minha mãe como trabalha num hipermercado trabalhou até sábado às 21:30h... 

Com isto tudo, ainda tive que conciliar o tempo com o namorado que chegou na quinta à noite antes da Páscoa e foi embora na segunda de Páscoa às 5h da manhã. Conclusão: tempo com o namorado, praticamente zero!

Para conseguir estar com ele um pouco (e estava mais morta que viva) andei a dormir cerca de 4/5h por noite, quando eu para ficar bem, preciso de dormir no mínimo 9h. Andava completamente exausta!

Depois estive de férias, mas eu não posso chamar de férias. Entre semear milho e batatas, fazer trabalhos para o Instituto e aturar a minha mãe (que também estava de férias), sobrou-me pouco tempo para descansar (para não dizer nenhum).

Agora e finalmente concluí o trabalho que tinha para entregar amanhã. Já o entreguei... Finally!
Mas ainda assim, não posso respirar... tenho mais uma catrefada de trabalhos para fazer! 
Baaaaaahhhhh

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Dias Curtos para tanto que fazer... Bahhhhhh

Este ano, só tenho férias depois da Páscoa... Nunca na minha vida aconteceu tal coisa... 

Assim sendo, só tenho 6ª e Sábado para limpar toda a casa... Vou-me ver tão f*d*d*... E ainda por cima tenho os trabalhos da escola que são tantos e tão complicados... 

A dar em louca!!!!

domingo, 30 de março de 2014

Da Serra da Estrela...

E passou-se o dia sem eu sentar o rabo na neve... É verdade... 

No caminho parámos em Seia para ir ao Museu do Pão, depois parámos no Sabugueiro para almoçar e só depois subimos para tentar ir à Torre. 

O problema é que demorámos 1 minuto a mais no restaurante! 1 minuto! Raios parta! 

Estávamos nós a 10 metros de um cruzamento que subia para a Serra quando chegou a GNR para cortar a estrada e só deixava passar quem tivesse correntes para os pneus... Nós não tínhamos nem íamos dar 48€ por cada par (eram 2 carros) como estavam a pedir... 

Parámos, andámos, voltámos a parar para decidir o que fazer... 

Decidimos ir a Penhas Douradas mas também não estava nada de jeito e voltámos para trás... tentámos mais uma vez subir à Torre mas a GNR manteve-se lá e nem parámos, começámos logo a descer para Piódão... 

Fomos visitar a aldeia, comprar as lembranças e voltámos para casa... 

Conclusão: o dia foi passado em grande parte dentro do carro a fazer curvas e contracurvas HORRÍVEIS... Até uma pessoa ficava mal disposta. 

Contudo, dia passado entre "novos amigos" (são os amigos do namorado que aos poucos também vão sendo os meus, uma vez que me convidaram para ir com eles mesmo sem o meu namorado estar cá e podiam perfeitamente não o ter feito. 

Agora vou estudar porque tenho frequência amanhã! 

Ah, o namorado chegou bem mas vai ser uma complicação para falarmos dado que por telemóvel é muito dinheiro e por internet parece mentira... A Argélia não tem as melhores relações com a internet, pelo menos o hotel onde ele está... Bahhhh... Malditas 3 semanas que assim vão custar tanto a passar... 

sábado, 29 de março de 2014

Serra da Estrela

A Serra da Estrela espera por mim amanhã... 

Para quem dormia até às 12 horas quase todos os dias (só ficava de fora o domingo que me levantava mais cedo para fazer o almoço e ir tratar da minha avó), há 3 dias que me ando a levantar às 8h30... Estou a ficar exausta e amanhã volto a levantar-me às 7h30 e segunda feira, continuação de boas festas... Acho que terça aterro de vez até às 15h para poder repor todo o sono que vou acumulando. 

Fora isso, espero que amanhã me divirta muito... Ah, e tenho muito que agradecer à minha madrinha, porque graças a ela, tenho roupa para ir à neve... 

Nunca fui à neve, nunca vi neve na minha vida e estou apenas a 1h30 de caminho para a Serra.. É triste mas é verdade..

E a boa novidade é que estão a dar queda de neve para amanhã... Ou seja, eu não só vou ver neve como também a vou ver cair!

Estou em pulgas =)

Chegou a hora...

Neste momento, o namorado está em Lisboa, dentro de um avião, prestes a arrancar em direção à Argélia... vão ser 3 longas semanas...

Depois vem cá uns diazitos e volta a ir embora... Avizinham-se tempos saudosos..

Nisto tudo, devia eu estar a estudar porque vou ter frequência na 2ª feira e amanhã vou para a Serra da Estrela, liga-me a minha avó aflita com tosse, a perguntar se eu não posso ir com ela ao médico... (P.S. - AINDA ONTEM FOI AO MEDICO POR CAUSA DISTO).. Mas pronto, lá vou eu fazer o meu papel de boa neta e deixar o estudo para 2ª plano. Família é família. 

sexta-feira, 28 de março de 2014

Dedicatória!

E pronto, lá consegui escrever algo que até acho que está benzinho =)

"Minha princesa,
            a nossa amizade já me deu a honra de estar presente nos bons e nos maus momentos, de te dar na cabeça quando o mereceste, de te chamar a atenção quando devia, de te apoiar quando precisavas, de ser o teu despertador em épocas difíceis, de me preocupar contigo em dias de tempestade, de nos chatearmos por coisas sem jeito nenhum dado que somos cabeças duras e achamos que só nós é que temos a razão do nosso lado, de ficar feliz por ti (quase tanto como tu) por te ver feliz, de ficar orgulhosa por cada nova vitória que conseguias, de te acolher como se fosses mesmo minha irmã. E és! Podemos não ter sido criadas juntas, não ser do mesmo sangue, mas é assim que te vejo. Como a irmã que nunca tive!
           
Pois bem, chegou mais um momento de eu ficar orgulhosa de ti. Mais uma batalha por ti vencida, mesmo com todas as adversidades que ambas sabemos que tiveste, tanto a nível profissional como emocional. No entanto, nunca desististe e venceste!

            Espero do fundo do coração que o teu futuro te sorria como tu bem mereces, te recompense por todo o teu trabalho e dedicação e que todos os obstáculos que surjam se transformem em enormes sucessos.

Um beijinho enorme de quem vai estar sempre aqui para ti,
Estrelinha"

quinta-feira, 27 de março de 2014

Help...

A melhor amiga precisa de uma dedicatória na fita de curso...

Mas a inspiração anda em baixo com a partida do namorado (já este sábado logo de manhã) e com a frequência que tenho na segunda (sem me apetecer estudar nada de nada).

HELP ME, PLEASE!!

terça-feira, 25 de março de 2014

Começa a ser demais!!

Como já aqui escrevi neste blogue, tenho uma colega de escola que está comigo e com outra colega nos trabalhos que no semestre passado não fez praticamente nada nos mesmos. 

Nós avisá-mo-la que ou ela neste semestre mudava ou então não fazia os trabalhos connosco... 

Pois bem, no início do semestre ela esteve a falar comigo e a dizer que agora já tinha a cabeça no lugar que não ia faltar tanto e que ia participar mais nos trabalhos. 

Não, isso não aconteceu de todo! Continua a faltar que nem uma doida, meteu-se na Associação de Estudantes (e agora só fala disso) e não se interessa por nada que diga respeito a aulas e trabalhos.

Eu não estou a achar muita piada, mas a minha colega ainda menos...

Ontem, como habitual não foi à aula (onde a participação/presença conta 60% da nota e em 4 aulas ela foi a 1), e nós escolhemos o tema para o trabalho de grupo. Depois de termos escolhido mandámos-lhe mensagem a dizer "Já escolhemos o tema para o trabalho de FCTF, se depois não gostares tens que procurar outro grupo" ao que ela responde "o tema que escolheram está ótimo para mim". 

Ponto1 - Nós não lhe dissemos qual era o tema, como é que está ótimo para ela?
Ponto2 - Nem sequer pergunta qual é o seu interesse no trabalho!
Ponto3 - Com este entusiasmo e interesse todo, nota-se mesmo que vai querer participar muito na realização do trabalho...

O melhor de tudo é que o trabalho é para apresentar no dia 19 de Maio (2ª feira a seguir à queima), ou seja, ela vai estar uma cáca (para não dizer uma asneira) e duvido que apareça para fazer o trabalho!

quinta-feira, 20 de março de 2014

Dia do pai!

Hoje, como era dia do Pai, mandei uma mensagem bastante fofinha ao dito :)

Foi algo do género:

"Pois bem, estou a mandar-te mensagem para te felicitar pela filha maravilhosa que fizeste e tens... Ah, e já agora, Feliz Dia do Pai... Por muitas asneiras que façamos os dois, amo-te muito na mesma. Beijoca boua*"

A resposta dele foi assim:

"Um beijinho grande e obrigada. Nós à noite falamos"

A minha pessoa ficou logo preocupada a pensar que tinha feito alguma asneira.. Quando venho a saber o que ele me queria dizer é que eu o tinha feito com a mensagem. Foi fofinho não foi? Nem sempre é o melhor pai, mas eu também nem sempre sou a melhor filha... 

E como pai é pai, eu não vou deixar de amar o meu por causa das asneiras que ele faz (e que são muitas, acreditem)... Mas pronto é o pai que tenho e não o trocava por mais nenhum =)


Love You Dad* <3

segunda-feira, 17 de março de 2014

Do Festival da Canção

Eu estava a leste de tudo isto até começar a ver comentários no facebook que não valorizavam muito a participação de Portugal na Eurovisão. 

Na minha ignorância, dediquei alguns minutos no youtube a ver as prestações de quem nos quer representar e fiquei de queixo caído.. 

Sou só eu que acho que nenhuma destas músicas está à altura de uma Eurovisão? E mesmo assim as mais aceitáveis são as músicas do Rui Andrade e da Raquel Guerra? 

Oh meu Deus.. Não sei qual a pior, se os Homens da Luta se a Suzy... 

Será que o povo escolheu mesmo isto? Será que não houve um "incentivo" para que fosse ela a passar? Será que têm orgulho em manchar o nome de Portugal? 

Eu gosto de música pimba, mas para um bailarico, não para uma Eurovisão... Tenham noção das coisas! Tenham consciência dos contextos... 

Valha-me Nossa Senhora que esta gente anda toda insanecida...

quarta-feira, 12 de março de 2014

Avizinham-se tempos difíceis...

Pois é... O meu homem já tem uma data (ainda incerta, mas mais certa que as outras) para ir 4 meses para a Argélia... Falta apenas uma semana e meia... Nem dá para uma pessoa se acostumar à ideia...

Vai ser tão complicado...

Acabei de receber a notícia e não quero pensar muito por agora... Acho que quando cair na realidade vai ser o cabo dos trabalhos para me aturarem...

Já estou triste e ele ainda nem sequer saiu de junto de mim... =(

quinta-feira, 6 de março de 2014

Do Carnaval #2




Esta é a escola do meu coração... 

Ficou em segundo lugar e merecia tanto o primeiro... 

Como dizem na escola "O Cântaro tanta vez vai à fonte, que um dia parte"

E eu vou estar cá para assistir!

P.S. Estou a ponderar seriamente voltar a desfilar pela Tijuca, por dois motivos: 
              1º porque é disto que gosto, é isto que me faz vibrar, é isto que me faz feliz!
              2º é uma maneira de pelo menos 2 vezes por semana eu fazer algum exercício :) (e depois como gosto treino em casa), o que me poderá ajudar a emagrecer xD 

A ver vamos ;)

domingo, 2 de março de 2014

Carnaval xD

Chegou mais uma vez uma das minhas alturas do ano preferidas... O Carnaval... 

Não sei porquê (devo ter uma costela brasileira ou assim) eu vibro muito mesmo com o carnaval... Não consigo ouvir um samba sem meter o pézinho a mexer (mesmo que seja sentada). 

A alegria, as cores, as músicas, as batucadas, as coreografias, os fatos, os temas, tudo, tudo, tudo... 

A união que se vive dentro de cada escola de samba (na zona da Mealhada) é indescritível. Trabalham todos para o mesmo, remam todos para o mesmo lado para levar o barco a bom porto. 

Na Mealhada já só desfilam 3 escolas de samba, mas com muita qualidade (embora as classificações nunca sejam corretas, pois são sempre influenciadas). 

O meu coraçãozito bate sem dúvida alguma pela escola GRES Amigos da Tijuca (que por acaso é sempre prejudicada nas votações - não é da Mealhada, embora seja lá que desfile).

No entanto, desejo sorte para as outras escolas também... (Mas esperando que seja a Tijuca a sair vencedora xD) 

O desfile era para ter tido lugar hoje, mas devido ao mau tempo foi adiado para o próximo domingo... E terça feira, não sei se o tempo vai permitir que as escolas saiam, mas esperemos que sim.. 

E esta é a minha Madrinha da Bateria... E é Liiiiiiiiiinnnnnda!
É um orgulho para todos os Tijucanos =)


Boa sorte Amigos da Tijuca xD

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Felizmente não passou de um susto :)

Como é hábito quando vou buscar os meus bichos levo-os à rua para eles fazerem as suas necessidades. 

Hoje eles fugiram-me (como aliás, tem sido hábito) mas não me preocupei muito porque eles acabam por regressar sempre. 

Hoje, foi diferente! Eles desapareceram por mais tempo... E eu fui tentar chamá-los mas não apareceu nenhum. Voltei para dentro pois, estava a fazer o almoço. Estava eu nos preparativos do almoço quando chega a Pucca, mas para meu espanto, SOZINHA!

Por norma, quando aparece um aparece o outro, ou então chega o Ruca (o mais novo cá de casa) e só depois a Pucca (que tem por hábito andar aos 2 e 3 dias fora de casa). 

Entrei em pânico. O meu bebé não veio com ela! O que lhe poderia ter acontecido? No entretanto, chega a minha mãe para almoçar e procurou um pouco comigo, mas tivemos que ir almoçar para ela ir trabalhar, e sinais do Ruca nada... 

Depois de almoço pego nas minhas perninhas e volto a ir procurá-lo aqui perto de casa. Quando já estava para regressar a casa aparece-me ele todo feliz e contente com outro cão de um vizinho... 

Quem ficou feliz e contente fui eu... Felizmente o meu bebé apareceu... =) 

Ai Ruca Ruca... Matas-me do coração rapaz!

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Uma pessoa não pode estar bem... Irra!

Ontem foi dia para mais uma discussão... Por causa dos meus bichos... 

A mãe nunca quis animais dentro de casa, principalmente por causa do pêlo que deixam.. 

Ontem vinha ela chateada não sei de onde nem porquê e quando chegou a casa começou a disparatar como pêlo dos bichos. Depois chega o rico pai e começou a fazer caras a carrascas que estavam no chão (que por acaso tinha sido eu a metê-las lá para acender a lareira e ainda não tinha tido tempo de limpar), pois pensou logo que tinha sido o Ruca a fazer (o cão tem um gosto estranho de roer madeira). 

Eu às tantas deixo sair um "Nunca mais vou viver sozinha para poder ter os meus bichos à vontade". O que é que eu fui dizer? O homem desatou aos gritos que aquilo não estava correto, que uma coisa era eles estarem dentro de casa outra era fazerem uma esterqueira (eu já tinha dito mil e quinhentas vezes que tinha sido eu a fazer aquilo) e blá blá blá... Tudo aos berros... Eu desatei a chorar que nem uma desalmada por querer dizer certas coisas e não poder para não piorar as coisas... 

Porque esterqueira (como ele diz) mesmo, é deixar o lavatório cheio de macaquinhos do nariz e se eu não os tirar ficam lá dias e dias... Esterqueira é desfazer a barba no banho e deixar a parede cheia de pêlos da barba de os bater lá com a gilete... Esterqueira, é ir fazer as necessidades e deixar a sanita suja... Isso sim é esterqueira... E fez ele uma comédia por causa de meia dúzia de carrascas que estavam ali há 5 minutos. 

E porque é que não tive tempo? Porque cheguei a casa às 20h40 e ele ainda não tinha nada feito para o jantar. Tinha apenas acendido a grelha para fazer brasas para grelhar carapau 10 minutos antes... A minha mãe chegou logo a seguir a mim e tratou ela do carapau (enquanto ele foi para as suas quinquilharias), e eu fui acender a lareira, fazer o arroz, meter a mesa e arrumar a loiça lavada para depois de jantar poder lavar a que íamos sujar... 

Sabem o que é pior? É que eu desejo mesmo que chegue o dia em que possa viver sozinha sem ter que aturar aqueles dois... 

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Do tão esperado fim de semana...

Ora bem, eu cá adorava (mas ADORAVA, mesmo) viver num sítio daqueles... Numa casinha aconchegada que para 2 pessoas era mesmo o ideal. 

Então, aquele local para além da casinha tem uma sala de jogos, um mini museu, uma piscina biológica (não é que esta fosse propriamente necessária agora no inverno), um campo de futebol, um bar e uma sala de convívio. 

Aquela quinta é uma animação, mesmo... Aqueles animais todos, felizes e contentes sem estarem presos. No dia anterior a irmos tinham nascido dois cabritinhos. Hoje, soube que nasceu outro :)

Confesso que a primeira noite custou muito a ser passada... O namorado estava com uma constipação daquelas e para além de não ter dormido quase nada, não deixou dormir (entrei em desespero). Na segunda noite, já estava tão cansada que dormi de qualquer maneira... Antes de dormir fizemos uma competição, a qual eu ganhei (mas é melhor não vos dizer de quê =D). 

Os senhores da quinta foram super simpáticos e acolhedores... E eu espero mesmo voltar lá, mas desta vez quando o tempo estiver mais quentinho para podermos aproveitar a piscina biológica e aquelas redes que costumam ter à frente da casa :)

As expectativas que levava foram correspondidas :)


P.S. Achei muito estranho o namorado da amiga só comer fritos ao pequeno almoço (=O)... 


sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Que Diabos

Parece que há sempre alguma coisa que estraga o momento... Estava a correr tudo tão bem e perto das 23h a minha cadela quase que morre afogada num tanque de saneamento.. O meu pai conseguiu tirá-la a tempo. Passado esse susto vem a pior parte (porque a parte horrível era ela lá ficar): o CHEIRO.. Lavei-a TRÊS vezes e não consegui fazer com que o cheiro desaparecesse totalmente... Já não cheira mal, mas também não cheira propriamente bem... 

O tempo que perdi em lavá-la, secá-la e essas coisas era o tempo em que devia acabar de fazer as malas e essas coisas. Agora amanhã vou ter que me levantar mais cedo do que o esperava para acabar de arrumar tudo... 

É só um fim de semana, eu sei... Mas é o primeiro fim de semana que vou ter deste género e com o namorado. Vão ser as primeiras noites que vou dormir com ele (ou pelo menos tentar dormir) e estou ansiosa, não só pelo fim de semana mas também por isso... 


Aiiiii... Vou tentar dormir agora também... Caso contrário, amanhã vou andar tipo zombie... Bahhhh!

Beijinhos e Bom Fim de Semana para vocês :)

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Coisas da mãe

A minha mãe de vez em quando tem umas atitudes que não consigo entender... 

Estou eu a passar a ferro a roupa dos pais dela (os meus avós, portanto) porque a minha avó tem Alzheimer e o meu avô só dá um jeito na roupa que ele precisa para ele. Então eu fui buscar a roupa a casa deles e vim passa-la a minha casa por dois motivos:
    - O meu ferro é melhor e passo tudo em metade do tempo e 
    - Porque assim, não os estou lá a aturar (o meu avô é chatooooooo que só visto)

Contudo, tive que fazer isto tudo sem o meu pai saber. Se ele soubesse que estive a passar a ferro a roupa dos meus avós em nossa casa, subia paredes. 

Nisto tudo, pedi à minha mãe para me ajudar a espalhar a roupa que tinha para espalhar para que eu conseguisse passar tudo antes de o meu pai chegar e também ter alguma coisa cá em casa feito.. Ela fez-me um grande toma e eu é que passei por malandra, que não fiz nada o dia todo.

Anda uma pessoa a tentar aliviar o trabalho dela (sim, porque é ela que tem a obrigação de tratar das coisas dos pais, a minha vez virá quando forem os meus pais) e ela não é capaz de agradecer com 10 minutos a espalhar roupa (que por acaso também não é uma obrigação só minha).

Contudo, e no fundo mesmo, sou eu que trato da minha avó. Eu sei que a minha mãe não tem horário para tratar dela como ela merece, mas eu também tenho as minhas coisas.. Neste momento estudo, trato da minha casa e da roupa de casa, trato da minha avó e trato da casa dela e da roupa dela e do meu avô. 

Ando esgotada. 

E segunda feira já começo as aulas sem ter descansado nada!

domingo, 16 de fevereiro de 2014

Do Dia dos Namorados

O meu bebé desta vez conseguiu mesmo surpreender-me...

Já tínhamos combinado ir jantar fora a um restaurante que ele costuma ir. Quando estávamos a ir para o restaurante passamos em frente do mesmo e ele continuou caminho. Eu na minha ignorância, perguntei:

- Onde vais?
- Ele: Então onde é que nós estamos?
- O restaurante onde íamos comer era ali atrás!
- Ele: Ai era? Então paciência!
- Estás a gozar não estás?
- Ele: Não amor. ali podemos ir jantar num dia qualquer. Hoje acho que mereces uma coisinha melhor.

Amei... Tudo... O restaurante onde fomos era fantástico. Com decoração especial e embora a ementa fosse única para todos os que lá foram jantar, parecia que estávamos num casamento. Tivemos direito a:
- Entrada
- Creme de aves
- Arroz de Gambas (que das 6 gambas eu comi 5 e ele apenas 1 =D)
- Rosbife (de vaca) com creme de maçã
- Sobremesa
- Bombom 
- Café... 

Isto tudo sem nos chatearmos com nada... Nem precisávamos de pedir. As coisas apareciam-nos à frente. No fim, foi só pagar... Pagámos (ele pagou) a módica quantia de 30€ pelos dois (ou seja, 15€ por pessoa :O) 



Depois fomos ter com a minha melhor amiga e namorado a um cafézinho. Ela estava particularmente triste (o namorado é um cocó e diz que não liga nada ao dia, ou seja, aquele dia para ele foi normal, para ela foi mais triste que o normal). Voltámos a acertar alguns pequenos pormenores do nosso fim de semana e agora sim, acho que está tudo tratado :) Só falta chegar a sexta feira para irmos embora =D

E é isto... 

Ahhhh, já me esquecia, os meus papás hoje fazem 23 anos de casados (mas como sempre o meu pai não se lembrou e ainda conseguiu implicar com a minha mãe) :( 

sábado, 15 de fevereiro de 2014

Gandufe#3

Temperaturas baixinhas para o que estou habituada =$


É para o fim de semana de 21, 22 e 23 de Fevereiro... Acho que vou preparar as minhas botas da neve! Vão dar muito jeitinho! Ah, também vou armadilhada com gorros e luvas e golas e com um casaco de penas (quentinho)... Ai vou vou.. =)

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Gandufe#2

Agora, que já não tenho mais exames, que já não tenho que estudar e que o semestre está concluído. É certo que não é com uma média fabulosa, mas olha, é o melhor que se arranja... Acabei com média de 14 (que de resto é sempre a minha média). 

Passando esta parte, as minhas atenções estão completamente centradas em Gandufe e no fim de semana a quatro que lá vamos passar... Já só penso nos pequenos pormenores que ainda faltam acertar. 

Quem tiver curiosidade em visitar, pode dar uma olhadela aqui no site do facebook 

https://www.facebook.com/CasaDasPalmeiras?fref=ts


Quando o tempo deve passar devagar, passa a voar e quando deve passar a voar, passa devagar. Bahhhhh!

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Ansiosaaaaaaaaaaaaaa!

A começar a pensar e preparar o Fim de Semana em Gandufe... Já decidimos algumas coisas, mas ainda faltam alguns pormenores. 

Está a ganhar formato e forma :) Está quase quase... 

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Bahhhhhhh

Estou a dar em maluca e só me apetece chorar... 

Não pode acontecer uma coisinha só não?
Então não é que os meus ricos cães me comeram o resto do chocolate que tinha em cima da cama? Aquele que tinha sido a melhor amiga a dar pela viagem a Londres?

Às tantas ainda comeram a chave também... Já não digo nada! Sim, porque a porcaria da chave ganhou asas e voou... Não aparece mesmo em lado nenhum... Estou farta de procurar! Estou a entrar em paranóia... Estou mesmo! Não consigo pensar noutra coisa... ='(

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Dias Difíceis


Toda a minha aldeia esteve sem internet, porque uma rica alminha decidiu furtar os cabos de cobre dos telefones/internetes... 

Só hoje foram restabelecidas as ligações. 

Nos entretantos, no sábado fui jantar com a melhor a melhor amiga (pagou ela, por eu lhe ter tratado do gato enquanto ela foi viajar). Para tratar do gato tinha que entrar na casa dela e para isso precisava de uma chave... A chave de casa dela.. Então e não é que agora, depois de uma semana a guardar a chave sempre no mesmo sítio, eis que no último dia não a guardo no mesmo sítio. 

Quando ela me pergunta pela chave, fico um bocadinho alheada a perguntar-me do que estaria ela a falar, quando me lembrei, fui ao sítio habitual para a ir buscar e não a encontro lá. Fiquei em pânico. É a chave de uma casa! Casa essa que não é minha! Depositaram em mim a confiança de "guardar" uma casa e eu cumpri até ao último dia, falhei no último dia... Não sei realmente onde enfiei a chave, não me consigo lembrar, não consigo encontrar. Só me falta ver no carro do namorado (ele diz que já deu uma vista de olhos e que não viu nada, mas ainda assim prefiro EU confirmar, não vá ele ser tão ou mais vesgo que eu). 

Estou mesmo aflita por ter perdido a chave e a amiga descansadinha da vida, despreocupada e a deixar-me louca com isso. Diz que não lhe custa nada fazer uma cópia da chave e pronto. 

Eu cá tenho bastante medo que a chave me tenha caído (ou algo do género) perto da casa dela e que a tivessem apanhado e que agora tenham acesso à casa dela. Eu até já lhe disse que se ela quiser mudar o canhão da porta de entrada, eu pago (como é óbvio). Mas ela teima em continuar completamente descasada e eu não consigo perceber isso. 

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Situação caricata

Tenho uma colega que é vegana (não me perguntem o que é especificamente porque ainda não consegui perceber muito bem, nem tive a curiosidade suficiente para ir pesquisar) e como tal é contra o consumo de carnes e peixes e de tudo o que vem dos animais (leite, ovos, etc, etc) incluindo as coisas que são testadas em animais. 

Epa eu até aceito e respeito essa opção dela, mas a mim dá-me um prazer imenso comer carne... E pouco me interessa se ela está presente ou não! 

Da mesma maneira que eu respeito as opções dela ela tem que respeitar as minhas... Houve uma situação em que eu estava a comer uma bifana e por acaso ela estava presente. E ele começou a mandar bocas (ao ponto de uma colega que estava a comer uma tosta de galinha sair e ir comer para fora do espaço para não lhe enfiar a tosta de galinha na cara). 

Eu mais calma, disse-lhe o que referi a cima:
- Oh R* eu não tento fazer com que tu comas carne só porque eu o faço pois não? Então da mesma forma que eu respeito a tua opção tu deves respeitar a minha! 

Ela toda cheia de si, responde:
- Não não tenho, vocês também não estão a respeitar o ser (animal)!

Eu limitei-me a dar uma valente gargalhada (e por sorte a bifana não me caiu mal) =D

De vez em quando aparecem-me destas situações, que eu nem sei o que hei-de dizer delas. 

Beijinho =)

Sobre a Praxe...

Eu nem era para falar neste assunto, mas uma vez que não se fala de outra coisa e eu já estou farta desta coisa. E que para que fique bem claro, EU SOU A FAVOR DA PRAXE!

Relativamente ao "debate" que houve no TAGV, é óbvio que se a intenção é mostrar que as praxes não são benéficas, vão filmar o pior das praxes em todo o lado. O que já por si só é tendencioso.

Eu fui praxada e posso dizer que gostei bastante. O conceito de humilhação é muito subjetivo. Se calhar houveram coisas que me foram feitas e que eu não considerei como humilhação, mas que outros o poderiam ter considerado, como por exemplo, ter ovos partidos, farinha, açúcar, piri piri líquido e nuttela na cabeça, tudo ao mesmo tempo. 

Humilhação? Não. Divertimento. Saber rir de nós próprios é uma grande virtude. 
Porque é que só falam na humilhação das praxes? Sim, porque no mundo do trabalho, o que mais se vê são patrões a humilhar e ridicularizar (para não dizer escravizar) os seus empregados? Quantas pessoas não se suicidam por não saberem lidar com este aspeto? Quantas pessoas depois de serem humilhadas nos trabalhos, não chegam a casa e agridem física e verbalmente o parceiro para mostrarem que valem alguma coisa? Estou errada? 

Eu cá ri muito, andei de joelhos, gritei, cantei, rebolei, andei à procura de formigas vermelhas. E então? Isso é praxe! 
Sou de Coimbra e se me mandassem atirar ao Mondego, eu não o fazia e garanto que não havia ninguém neste mundo que me obrigasse a fazê-lo. 
As Praxes têm regras e, geralmente, pelo menos onde estudo, são cumpridas. 

Quanto à parte do cortar cabelo, só o fazem se permitirem que o façam. Essa era outra das coisas que eu nunca iria permitir. Até me poderiam mandar cortar relva com um corta unhas para fazer o relevo das iniciais da instituição onde estudo, mas nunca me cortariam o meu cabelo sem a minha conivência. Beber álcool igual (nunca me embebedei e tenho bastante orgulho nisso).
 
Aqueles que morreram sabiam para o que iam, para onde iam e o que iam fazer. É responsabilidade deles. E como foi dito em algum lado, o que era suposto acontecer era um ritual. Sim, porque aquilo não é Praxe nem aqui nem na ConchiChina. Sinceramente, se no início tive pena deles, neste momento não tenho pena nenhuma (e quanto mais sei do caso, menos pena tenho). 

E outra coisa. Ninguém é obrigado a ser praxado! Cada caloiro tem liberdade de escolha. Ou é praxado (e com isto não significa que aceite e execute todas as ordens que lhes são dadas) ou declara-se ANTI-PRAXE e resolvem o problema. Simples assim. 

Para não falar que estão a colocar todas as Praxes no mesmo saco. Há que saber fazer a distinção. Existem inúmeros tipos de praxe. Praxe de Tunas, Praxe de trupes, Praxe do Conselho de Veteranos, Praxe aos caloiros, etc... 

Estão a fazer muito alarido à volta de um assunto que de responsabilidade da Praxe tem pouco ou nada. E com isto tudo deixa de se falar na crise que estamos a atravessar, no desemprego, nas pessoas que dormem todos os dias à chuva, que morrem todos os dias à fome (isso sim é grave), etc.. 
Não é que seja bom falar nestas coisas, mas já cansa ouvir falar das praxes sempre de maneira tendenciosa para o lado negativo. Vão para a rua ouvir de forma IMPARCIAL os caloiros e depois logo verão se a praxe é uma coisa assim tão má. 
No meu ano, até mulheres casadas se voluntariaram para serem praxadas. Uhhhh a praxe é tão horrível, humilhante e ameaçadora à integridade física que estas mulheres quiseram participar nelas. 
Enfim. Opiniões. 

E assim me despeço, com esperança que não se fale muito mais neste assunto. 

Beijinho

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Felicidade, onde andas?

Eu bem que estranhei o namorado andar tão diferente no início. Mas estava a gostar tanto que me habituei. 
Agora tenho que me desabituar, mas isso implica que eu fique tristemente triste. Sim, eu sempre tive a convicção de que as pessoas não mudam, muito menos por outra pessoa. As pessoas adaptam-se... E mesmo assim, é difícil. Eu ainda acreditei que ele estava realmente diferente, mas acabei por concluir que não. As pessoas mudam durante um tempo, até conseguirem que o que realmente querem e acharem que o que querem está de novo garantido. É triste mas é verdade. 

As atitudes de caca voltaram, os comentários da treta também, para não falar nas crenças machistas e pobres de espírito. Será que ele não percebe que assim não vamos ser mesmo felizes, pelo simples facto de que eu não suporto este tipo de coisas? Foi por isto que eu acabei com ele há uns tempos. Por isto e por causa de uma rapariga, mas principalmente por isto. 

Como se não bastasse vou ter um exame sexta feira que vem... Algo a que não estou habituada. Em 36 unidades curriculares tive apenas 2 exames. Neste 1º ano de mestrado e também no 1º semestre, já tenho 1 exame confirmado e sinceramente tenho receio de ainda ter outro exame. Ao mesmo tempo tenho receio deste exame que é já sexta feira. É que ele para além da parte escrita, tem uma parte oral e eu tenho medo de me baralhar toda até porque fico sempre muito ansiosa. 

Porque não consigo ter paz? Preciso tanto de me concentrar para estudar e não consigo...

domingo, 26 de janeiro de 2014

Mais um erro...

Andei eu a batalhar com a minha avó por causa das atitudes que ela estava a ter com o namorado, para agora ele ter uma atitude que me faz perder a razão toda. 

Agora que a minha avó estava a agir corretamente, e hoje sendo festa da aldeia ela disse-me para eu lhe dizer para ele ir jantar connosco... 

Eu disse-lhe e ele disse:
- Não sei se é para ir jantar a algum lado, mas depois digo-te alguma coisa (fartinho de saber que ia jantar em casa com os pais, e eu também).

E isto ficou por aqui. Eu fiquei à espera que ele me dissesse alguma coisa. Bem que podia esperar, porque a resposta nunca chegou a aparecer. 

Eu soube que ele não ia porque ele recebeu o telefonema do pai quando estava ao meu lado. Foi mais ou menos assim:

Às 19h40 mais ou menos.

Ele: Sim
Pai: O comer está pronto.
Ele: Está? Então eu já vou para casa. 

Quando eu lhe disse "Obrigada por me teres avisado que não ias" a resposta dele foi um "hannnnnnn" (uma exclamação como se se tivesse esquecido. Mentira, fez de propósito).

Só que agora imaginem lá quem é que arcou com as consequência? Eu mesma, claro... 
Para além de ter que "mentir" para que ele não ficasse mal visto, fui bombardeada com perguntas, fiquei com a fama de nem sequer lhe ter dito que era para ele lá ir jantar e ainda tive que ouvir o desabafo do meu pai, que tal como eu, foi contra a mãe por causa dele. 

Atitudes impensadas, que embora não tenham consequências assim muito graves podiam-se evitar. 
E se ele tem um orgulho imperioso (que não o vai levar a lado nenhum, mesmo), eu também tenho o meu (e não vou continuar a ficar eu sempre com o meu a ser rebaixado).